21 de jan de 2008

1 em cada 5 jovens não completou o ensino fundamental.

Reportagem da Folha de São Paulo mostra que um em cada cinco jovens (entre 18 e 29 anos e que vivem em cidades) abandonou a escola antes de completar o ensino fundamental.

Segundo trabalho feito pela Secretaria Geral da Presidência da República com base na Pnad 2006 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE, dos 34 milhões jovens urbanos do país, 7,4 milhões tiveram de um a sete anos de estudo -- período insuficiente para concluir o ciclo -- e 813,2 mil são analfabetos.

No topo da lista de exclusão estão cinco Estados do Nordeste. 
O líder é Alagoas, com 46% dos jovens em uma dessas duas situações. Na outra ponta do ranking está São Paulo, com 15% de exclusão.
"Há 20 anos, quando muitos desses jovens estavam em idade escolar, o sistema de ensino apresentava uma cobertura menor e uma exclusão maior", declara o professor Fernando Tavares Jr., da Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais. "Por outro lado [há 20 anos], a reprovação e a evasão eram bem maiores. Os dois fatores conjugados produziram uma exclusão educacional maior nessa geração", completa.
Um quadro geral sobre a péssima situação da educação nacional pôde ser visto em dezembro, com os resultados do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), da OCDE (Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico). Entre 57 nações avaliadas, os alunos brasileiros obtiveram a 53ª posição em matemática, a 52ª em ciências e a 48ª em leitura.

É isso aí minha gente.
O governo prefere dar "Bolsa Família", bolsa da PQP.
Deveria é investir na educação, mas isso não dá voto em eleição.

Somos ou não somos um país de Filhos da Puta ?!?

Nenhum comentário: