28 de ago de 2009

Após exames, José Alencar diz que seu tumor voltou a crescer

O vice-presidente José Alencar fez exames nesta sexta-feira (28), no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, que comprovaram o aumento do tumor em seu abdôme.

Tudo, aqui.

Sempre falo desse homem, já citei nosso VP até em uma palestra que fiz.

Ele é exemplo de luta pela vida, só isso.

24 de ago de 2009

19 de ago de 2009

Marina Silva anuncia saída do PT e deve se filiar ao PV

Senadora não revelou se irá concorrer à Presidência da República.
Desejo de fazer mais pelo meio ambiente foi motivo da saída.

Leia matéria completa.

Alguém com vergonha na cara nesse país.

17 de ago de 2009

Bleach ganhará edição de luxo

Álbum de estreia do Nirvana será relançado em novembro com músicas remasterizadas e faixas ao vivo.

Capa de  Bleach , primeiro álbum de estúdio do Nirvana que será relançado em CD e vinil branco duplo

Capa de Bleach, primeiro álbum de estúdio do Nirvana que será relançado em CD e vinil branco duplo

O primeiro álbum de estúdio do Nirvana ganhará uma edição de luxo, remasterizada, em comemoração aos 20 anos de seu lançamento. Em nota no site oficial, o selo Sub Pop informa que o relançamento terá faixas-bônus, ao vivo, gravadas em show em Portland, Oregon, no dia 9 de fevereiro de 1990. O disco sairá no formato de CD e em vinil duplo (branco, como o original) no dia 3 de novembro.
Gravado entre dezembro de 1988 e janeiro de 1989, o álbum de estreia da banda de Kurt Cobain contou com produção de Jack Endino, que também trabalhou com os Titãs em 1993 (em Titanomanquia). As gravações aconteceram em três sessões, segundo informa a Sub Pop, para o lançamento oficial em junho de 1989.
Entre as faixas ao vivo, haverá também um cover de "Molly's Lips", do grupo The Vaselines. Os escoceses, que estiveram no Brasil no ano passado, tornaram-se conhecidos depois da admiração declarada de Kurt Cobain (o Nirvana também fez covers de "Son of a Gun" e "Jesus Wants Me For a Sunbeam").
O pacote virá ainda com livretos de fotos inéditas da banda. Para o CD, serão 48 páginas com imagens, enquanto a compilação visual do LP terá 16.
Confira a lista completa de músicas:
"Blew"
"Floyd The Barber"
"About a Girl"
"School"
"Love Buzz"
"Paper Cuts"
"Negative"
"Creep"
"Scoff"
"Swap Meet"
"Mr. Moustache"
'"Sifting"
"Big Cheese"
"Downer"
Faixas ao vivo
"Intro"
"School"
"Floyd The Barber"
"Dive"
"Love Buzz"
"Spank Thru"
"Molly's Lips"
"Sappy"
"Scoff"
"About A Girl"
"Been A Son"
"Blew"

6 de ago de 2009

Vencimentos de Sarney ultrapassam teto salarial, diz jornal

Direto do G1.

Reportagem publicada nesta quinta-feira (6), pelo jornal “Folha de S. Paulo”, mostra que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), receberia mensalmente ao menos R$ 52 mil dos cofres públicos, mais do que o dobro permitido pela Constituição, que estabeleceu R$ 24,5 mil como teto salarial o subsídio de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Tem que ser muito cara-de-pau, muito filho da puta para receber um valor desses e achar tudo normal.

Já pedi uma vez aqui e peço novamente.

Vamos fazer testes nucleares em Brasilia, vamos acabar com aquilo tudo.

3 de ago de 2009

Navio do Aborto suspende viagem ao Brasil

O aborto é a interrupção da gravidez. No planeta, todos os anos, são realizados 20 milhões de abortos ilegais. A cada 300 abortos realizados clandestinamente, ocorre uma morte de mulher que se submeteu a esse procedimento.

A organização não governamental W-o-w - Women on Waves (Mulheres sobre as Ondas), liderada pela médica holandesa Rebeca Gomperts, de 43 anos de idade, tomou a iniciativa de realizar abortos e distribuir, nas primeiras semanas de gravidez, pílulas abortivas. Uma embarcação denominada Aurora, bem equipada, recolhe, há dois anos, nos países da África e da América Latina, mulheres grávidas desejosas de realizar aborto seguro. Segundo as “Mulheres sobre as Ondas”, existe o “direito natural das mulheres de recusar uma maternidade não desejada”.

Nos países que criminalizam o aborto, as grávidas desejosas em interromper a gravidez são colocadas na supracitada embarcação e o aborto é realizado fora das águas territoriais. Ou seja, onde não vigora a legislação do país de proibição. Depois de efetivado o aborto, dá-se o retorno da mulher ao porto de embarque. A médica Gomperts pertence ao Greenpeace e participava de ações ambientais. O Greenpeace reconhece a legitimidade de a mulher interromper a gravidez e apóia a associação Women on Waves.
A atividade da “Mulheres sobre as Ondas” não se resume ao aborto com intervenção cirúrgica. Elas, depois de examinarem e diagnosticarem o tempo de gravidez, realizam a distribuição de pílulas abortivas. Só são distribuídas as pílulas depois de constatado que o tempo de gravidez não ultrapassa as primeiras semanas.

O aborto off-shore (fora da costa), segundo acaba de anunciar a médica Gomperts, está suspenso e a embarcação permanecerá ancorada em porto holandês. Segundo Gomperts, as viagens programadas para o Brasil, Chile, Argentina e Nicarágua não serão realizadas, até definição da situação, pela Justiça holandesa.

O motivo da suspensão deveu-se à modificação da legislação holandesa. O governo de coalisão entre direita, centro-esquerda e católicos logrou impor restrições ao uso da bandeira holandesa para embarcações do tipo utilizado pela Women on Waves. Sem bandeira, a imunidade da nave foi perdida e quando da ancoragem em porto de países anti-abortistas haveria problemas. Além disso, a organização passou a não mais receber as pílulas abortivas dos programas governamentais holandeses.

PANO RÁPIDO. Nesta semana, a associação Women on Waves vai questionar na Justiça a constitucionalidade da nova lei.

De Wálter Fanganiello Maierovitch, para o Terra.

Algo para pensar.