6 de ago de 2009

Vencimentos de Sarney ultrapassam teto salarial, diz jornal

Direto do G1.

Reportagem publicada nesta quinta-feira (6), pelo jornal “Folha de S. Paulo”, mostra que o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), receberia mensalmente ao menos R$ 52 mil dos cofres públicos, mais do que o dobro permitido pela Constituição, que estabeleceu R$ 24,5 mil como teto salarial o subsídio de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF).

Tem que ser muito cara-de-pau, muito filho da puta para receber um valor desses e achar tudo normal.

Já pedi uma vez aqui e peço novamente.

Vamos fazer testes nucleares em Brasilia, vamos acabar com aquilo tudo.

Nenhum comentário: