28 de mai de 2009

Presidente do Senado reconhece recebimento irregular de auxílio-moradia

Direto do G1.

José Sarney recebe desde o ano passado mesmo tendo imóvel no DF.
Ele mandou cancelar seu benefício e prometeu novas regras.

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), admitiu nesta quinta-feira (28) receber de forma irregular auxílio-moradia de R$ 3,8 mil mensais desde o ano passado. Ele disse ter ordenado o cancelamento do pagamento e prometeu debater novas regras para o pagamento do auxílio-moradia em reunião da Mesa Diretora que acontece nesta manhã.

O ressarcimento será feito por meio de desconto na folha de pagamento dos senadores.
Sarney tem residência em Brasília, o que impediria o recebimento do benefício. Seu caso agrava-se ainda pelo fato de que desde fevereiro, por ser presidente da Casa, ele mora na residência oficial do Senado.

No início da semana, ele negou o recebimento em conversa com alguns jornalistas, mas nesta quinta-feira retificou a informação. O presidente do Senado atribuiu o pagamento a algum erro administrativo. Segundo ele, em mais de 30 anos de mandato nunca pediu para receber o benefício.
“Quero pedir desculpas pela informação errada que eu dei. Eu nunca pedi auxílio-moradia, mas por um equívoco, a partir de 2008, me informaram que realmente estava sendo depositado na minha conta o auxílio-moradia. Eu já mandei retirar isso”, afirmou Sarney.

É sério, não sei mais o que fazer, para quem reclamar, quem comanda esse país é filha da puta, não dá para reclamar dos pobres mortais brasileiros.

Governo da Coréia do Norte, por favor, faça testes nucleares em Brasília, acabe com aquilo, pelo bem da nação.

Nenhum comentário: