19 de jun de 2009

Torcida tricolor grita 'time sem vergonha', mas exalta Muricy

Torcedor são-paulino é consolado pela namorada após desclassificação no Morumbi

A torcida do São Paulo teve reações distintas nos minutos finais da partida que decretou a eliminação do clube na Copa Libertadores da América, na noite desta quinta-feira. Com a vitória por 2 a 0 do Cruzeiro no Morumbi, boa parte dos são-paulinos nas arquibancadas entoou a cobrança com o grito "time sem vergonha".

Porém, pouco depois, o coro se transformou em exaltação ao técnico Muricy Ramalho. Os tricolores gritaram com entusiasmo a palavra 'tricampeão' e o nome do treinador, que suportou no cargo depois das outras três eliminações passadas no torneio continental.

O treinador são-paulino considerou natural o protesto vindo das arquibancadas. "É difícil ouvir isso, mas temos de entender que eles estão apoiando desde o começo do ano e não tinham reclamado antes. Depois de perder Libertadores e Paulista, não dá para eles ficarem quietos, eles têm de desafogar. Temos de saber respeitar o sentimento do torcedor. Eles apoiaram de novo e não podemos reclamar, mas sim pedir desculpas. Fizemos muito pouco pelo investimento e o tratamento que nos deram e precisamos ficar quietos".

Depois da partida, um grupo de tricolores se concentrou em frente ao portão principal do estádio e soltou mais gritos de protestos, mas, desta vez, direcionados principalmente ao atacante Washington, ao meio-campista Hernanes e ao presidente Juvenal Juvêncio. Além disso, segundo informação da rádio Jovem Pan, os seguranças do CT da Barra Funda conseguiram interromper a ação de pessoas que estavam pichando os muros do local.

O capitão André Dias seguiu o discurso do comandante quando analisou a manifestação feita ainda dentro do estádio. "O torcedor pagou ingresso e tem o direito de falar o que quiser. Os mesmos que gritaram 'time sem vergonha' cantaram 'tricampeão'. O torcedor reage pelo momento da partida. Vamos dar a volta por cima para não perdermos o prestígio e a confiança junto ao torcedor".

Nesta quinta, quase 53 mil torcedores compareceram ao estádio e amargaram a eliminação do time da casa no Morumbi.

O protesto foi pouco, nem isso os torcedores conseguiram fazer direito, o time conseguiu desanimar todo mundo.

Um ciclo se fecha no time do morumbi, está na hora de trocar tudo e todos.

É um time de MERDA mesmo e um bando de PIPOQUEIROS.

Nenhum comentário: